Última Marcha

BRUTA E TECNOLÓGICA: Ford apresenta a nova F-150 2021

Por mais urbanóide que você seja, fã de carros elétricos, compactos e modelos futuristas, eu ouso a dizer que, certamente, você abriria a câmera do seu celular para fotografar uma Ford F-150 na rua. Mas não se culpe, não é atoa que ela é líder total de vendas nos Estados Unidos há 39 anos.

Há tempos as picapes deixaram de ser um veículo usado por fazendeiros e viraram um produto de consumo forte. No Brasil, temos diversos estados que, se você ousar arremessar uma pedra pra cima, quando ela cair, acerta duas duplas sertanejas, uma Hilux e uma Toro.

Para a alegria dos rústicos e sistemáticos de plantão, a Ford confirmou, nos Estados Unidos, o lançamento da nova geração da F-150 2021. Criada para ser mais resistente, tecnológica e segura. De quebra, a picape ainda ganhou uma versão híbrida com muito mais conectividade.

F-150 na cor vermelha metálica.

No quesito visual, o modelo segue com seu chassi de aço de alta resistência e carroceria feita de alumínio. Agora, a F-150 recebeu um novo capô e para-choques diferentes. O conjunto óptico dianteiro e traseiro também entra na lista de novidades. Os estribos laterais, que são o supra-sumo da robustez de um veículo raíz, agora são armados eletronicamente. Uma ‘nutelada’ de leve não faz mal a ninguém.

A multimídia recebeu o novo Sync4 e conexões com todos os celulares.

Por dentro, a picape recebeu o novo Sync 4 em sua multimídia de 8 ou 12 polegadas – dependendo da versão – com conexões com Android Auto, Apple Car Play e até Alexa, o sistema de inteligência artificial da Amazon. E para conquistar de vez o urbanóide que se nega a admirar picapes, ainda falando do interior, a Ford instalou uma mesa de trabalho para poder usar um notebook, como uma mesa de escritório, porém, há um câmbio que atrapalha essa engenharia. Sendo assim, a marca americana criou a alavanca de câmbio rebatida. Fazendo com que toda a área entre os dois bancos dianteiros vira uma bela superfície para você assinar o decreto de apaixonado por camionetes. E ah, dependendo da versão comprada, ainda tem como opcional, bancos que reclinam quase 180 graus. É quase um ônibus com o assento leito.

Agora se você é casca grossa, a F-150 te agrada com alguns equipamentos mais rústicos também. A tampa da caçamba pode receber um kit e se transformar em uma bancada de trabalho com porta-tudo: lápis, copos e até seu celular. E se isso ainda não te surpreende, a F-150 pode ter um gerador integrado e quatro tomadas.

No quesito motorização, a novidade é o conjunto híbrido PowerBoost, que alia o motor V6 3.5 EcoBoost de 380 cv com mais 47 cv do motor elétrico. O câmbio é automático de 10 velocidades.

Na dianteira, a F-150 recebeu DRL com novo formato.

Com todo esse requinte fica fácil calçar as botas, colocar um chapéu e mascar fumo rumo a fazenda de alguém escutando country. As vendas da F-150 iniciam em outubro nos Estados Unidos. Pra nós, pode ser que ela pinte em 2021. Se eu fosse você, deixaria a câmera do seu celular preparada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários