Última Marcha

(Vídeo) Nissan Frontier 2023 ganha novo visual com os mesmos preços

Se o problema da Nissan Frontier era o visual, pronto! Assunto resolvido! A picape japonesa acaba de chegar à linha 2023 com boas mudanças na parte estética e ainda mais equipada. O modelo ainda ganhou novas versões para tentar agradar todos os tipos de compradores.

VEJA NOSSO PRIMEIRO CONTATO COM A NISSAN FRONTIER 2023

No quesito design, a camionete chega com um novo para-choque e um conjunto ótico diferenciado. Os faróis Full LED contam com 4 canhões e DRL em formato de C. As lanternas têm assinatura em Led. A grade também mudou. Além de mais moderna, ela cumpre a função de refrigerar melhor o motor.

Vai usar a Frontier no off-road? A Nissan garante que ela foi projetada com os melhores ângulos de entrada (32º) e de saída (26º). Na traseira, destaque para o nome FRONTIER na tampa da caçamba, com sistema de eixo de torção que tornam a abertura e o fechamento até 60% mais eleves.

Capacidade

A caçamba, 4,8 cm mais profunda, pode carregar 1.043 quilos. Na hora de amarrar a carga, o motorista terá vários ganchos à sua disposição. Um artifício simples, porém muito prático.

Nova cor cinza shark

Por dentro, sobriedade. A picape manteve a central multimídia, de 8 polegadas, com Apple CarPlay e Android Auto. Já o painel de instrumentos ganhou uma tela TFT de 7 polegadas colorida. O volante também é novo. Apesar das poucas mudanças, o interior evolui bem. Para aumentar essa sensação, teto solar (único entre as concorrentes), o ar-condicionado Dual Zone e 27 porta-objetos.

Interior da versão PRO-4X da Nissan Frontier 2023

A picape japonesa melhorou, também, na tecnologia e na segurança. O modelo sai de fábrica com 6 air bags e controles de tração e estabilidade de série. As versões mais completas, Platinum e Pro-4X, ainda têm o pacote Nissan Safety Shield, que inclui alerta de tráfego cruzado, alerta de colisão frontal e frenagem autônoma de emergência – com capacidade de monitorar dois veículos a frente -, além de alertas de ponto cego e de mudança de faixa. Ao pisar no freio, você ainda tem a tranquilidade do freio a disco nas quatro rodas. Outra baita novidade.

Motorização

Motor 2.3 biturbo de 190 cv e 45,9 kgfm

Embaixo do capô, duas opções. Uma 2.3 turbodiesel com 163 cv de potência e 43,3 kgfm de torque e outra, mais forte, também 2.3, mas biturbo com 190 cv e 45,9 kgfm de torque. A força pode ser dosada com a ajuda dos quatro modos de condução: Standard, Sport, Off-road e TOW.

Versão Platinum, topo de linha, ao lado da versão PRO 4x.

Gostou da novidade? Se a resposta for sim, basta escolher a versão e conferir a sua conta bancária. Confira os preços e configurações disponíveis.

FRONTIER S – R$ 230.197

FRONTIER SE – R$ 258.590

FRONTIER ATTACK – R$ 263.648

FRONTIER XE – R$ 278.942

FRONTIER PLATINUM – R$ 314.590

FRONTIER PRO 4x – R$ 314.590

Impressões ao dirigir

Nosso teste drive foi realizado em Foz do Iguaçu com as versões Platinum e a PRO-4x. A maior parte em trechos com terra molhada e escorregadia, condições bem interessantes para avaliar o comportamento da picape.

Escolhemos a PRO-4X, única com pneus de uso misto e bloqueio do diferencial traseiro mecânico. Exclusividades que ajudaram bastante no off-road. A Frontier encarou tudo com tranquilidade, enquanto algumas outras unidades, sem os apetrechos, passaram algumas dificuldades. No asfalto, o sistema Nissan Safety Shield funcionou perfeitamente. Sentimos falta, apenas, do controle de cruzeiro adaptativo (ACC).

O volante deu uma pegada mais atualizada ao modelo, juntamente com os porta-objetos, que são uma mão na roda. Só faltou uma pitada de requinte no acabamento. Mesmo na versão topo de linha, o plástico predomina. Os bancos da versão PRO-4X, no entanto, são bonitos, bordados e confortáveis.

Sobre performance, a sensação é de uma arrancada um pouco mais lenta do que a das concorrentes. Até porque os dois turbos dificilmente trabalham juntos. Mas ao subir o giro, o 2.3 biturbo esbanja força, seja no asfalto ou fora dele. Como não foi possível testar o consumo, vamos, nesse momento, nos contentar com as médias do INMETRO. De acordo com ele, a Frontier topo de linha faz 9,1 km/l na cidade e 11 km/l na estrada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edimar filho

Linda top top mais não tem espaço pra quem vai atrás esqueceram que ela carrega pessoas atrás.!!!

Armando Mourad

Não da para acreditar que a Nissan não colocou em um pick-up de 315.000,00 o ACC um absurdo ! A Toyota coloca esse acessório em corolla de 180.000,00 , que papelão em NISSAN !