Última Marcha

Volkswagen Taos: tudo que você precisa saber sobre o SUV

O Taos é surpreendente. Tem beleza, uma construção bem feita (aliada à segurança) e muita tecnologia. Parece que a Volkswagen aproveitou bem o tempo fora do segmento para desenvolver um carro, realmente, capaz de encarar o líder, Jeep Compass.

Nada de motor diesel e tração 4×4. O Taos, pelo menos neste momento, será importado da Argentina com o conhecido propulsor 250 TSI. Com 150 cavalos e 25,5 kgfm de torque, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos. Infelizmente, não consegui colocar isso à prova. O primeiro contato com o modelo foi estático, mas suficiente para ver muita coisa de perto.

DRL na grade é destaque na dianteira do Taos

Na dianteira, os faróis com tecnologia IQ Light chamam a atenção. Eles prometem maior alcance e inteligência, acima da média, para evitar incômodos aos motoristas na direção contrária. O equipamento sairá de fábrica, exclusivamente, na configuração Highline. Na Comfortline, no entanto, a iluminação vai ser Full LED.

Destaque, também, para o filete de LED que recorta toda a grade até encontrar o DRL dos fárois. É bonito de ver. Para quem está curioso sobre valor de reposição, a Volks garante que o Taos será mais barato de ser reparado, em caso de acidente, do que o Compass

Antes de partir para o interior, vamos falar do porta-malas. E que porta-malas. São 498 litros de capacidade para levar as bagagens da família inteira. Faltou, apenas, a abertura e o fechamento elétricos. Esse equipamento é exclusividade do Tiguan, disponível, agora, na versão R-line. As versões 250 TSI saíram de linha para dar lugar ao novato.

Agora, sim, vamos falar de acabamento. O Taos recebeu um capricho digno da sua categoria. O couro está presente na parte inferior do painel, assim como em 70% dos forros das portas e nos bancos perfurados. Materiais emborrachados estão ali para reforçar o ar de sofisticação. O toque final é a iluminação em LED, customizável, com 10 possibilidades de cores. Nas portas de trás, no entanto, o couro deu lugar ao plástico.

Com 4,4m de comprimento e 2,68m de entre-eixos, o SUV alemão agrada pelo espaço interno – suficiente para cinco pessoas com conforto. A única observação fica para o túnel no piso que pode incomodar o passageiro do meio. Ainda há saídas do ar-condicionado, tanto entre os bancos quanto embaixo deles, além de uma porta Tipo-C. Outras duas, com a mesma conexão, ficam posicionadas abaixo da central VW Play de 10 polegadas. Presente no Nivus e T-Cross, ela tem tela de alta definição e compatibilidade com Apple CarPlay (sem fio) e Android Auto. Ao lado, o painel 100% digital, Active Info Display, cria a sensação de um cockpit moderno e funcional.  

Acabamento do interior está bem acima do encontrado nos irmãos, T-Cross e Nivus

Em termos de segurança, seis airbags, assistente de partida em rampa e controles de tração e estabilidade serão padrão. Quem pagar pela Highline somará alerta de colisão frontal com frenagem autônoma de emergência, sensor de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de cruzado e Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC).

Bom, como falei no começo desse texto, o Taos me agradou mais do que eu esperava. É um produto e tanto para um segmento com donos endinheirados, porém exigentes. Para chegar com os pés na porta era preciso mesmo surpreender. Vamos esperar a divulgação dos preços, prevista para maio/junho. Eu arriscaria algo entre R$ 140.000 e R$ 170.000. E você? Deixe a sua opinião lá nosso canal no YouTube. 🙂

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Seven

Achei o carro top ……………é esperar para ver os testes drives pelos entendidos e ver ao vivo e a cores .

Carlos Santana

Triste os preços. Estava ansioso pelo lançamento. 190k? Desisti. Por mais um pouco, Tiguan bem mais completa. Som Dynaudio etc..Outra coisa; para viagem esse carro tem espaço confortável para 4 passageiros.