Última Marcha

(Vídeo) Testamos a Nova Honda XRE 300 2020

Se você acha a sua vida é difícil, imagine a da Honda XRE. Ela começou a ser produzida, no Brasil, em 2009 para substituir, numa tacada só, a Tornado 250 e a NX4 Falcon – duas estrelas da marca. Apesar da labuta, a XRE 300 faz bem o dever de casa e lidera com folga a categoria. Foram quase 25 mil unidades vendidas, no ano passado, contra 17.270 da Yamaha Lander 250.

A moto, produzida na Zona Franca de Manaus, recebeu um facelift na linha 2019, quando completou 10 anos. Além da carenagem com linhas retas e dos grafismos mais modernos, ela fez uma boa dieta e emagreceu 5,4 quilos. O peso total, agora, é de 148 quilos.

No quesito tecnologia, ela tem iluminação full led (farol, piscas e lanterna traseira), além de painel 100% digital com consumos instantâneo e médio, velocidade, rpm, nível do combustível e relógio. Muita coisa, né? Mas faltou o indicador para mostrar qual das cinco marchas vocês está usando. Fato!

E no dia a dia? Como é o comportamento da moto?

Para não se preocupar em abastecer toda hora, a XRE 300 conta com um tanque de 13,8 litros de capacidade. Vai encarar um trecho off-road? Você contará com quase 26 centímetros de altura do solo até a base do motor. Já as suspensões saem de fábrica com 245 mm de curso, na dianteira, e 225 mm, no sistema traseiro Pro-link. O banco, em dois níveis, tem 86 centímetros de altura. Mais um ponto para o confiro.

O motor flex, com 300 cilindradas, 25,6 cavalos de potência e 2,8 quilos de torque quando abastecido com álcool, tem força para todas as situações. E com relativa economia. Em nosso teste, em uma combinação cidade x fora de estrada, a média ficou em 28,6 km/l.

Concluindo a nossa conversa, eu gostei da suspensão e dos freios da XRE 300. Com uma boa combinação de conforto e segurança. A modernização do modelo caiu bem e a iluminação full led, juntamente com o painel digita, dá um ar atualizado para  a motoca. Mas como falamos lá atrás, faltou mesmo um indicador de marcha e uma sexta engrenagem para soltar o motor, em velocidades mais altas.  

Ficha técnica:

Comprimento x Largura x Altura: 2.195 x 838 x 1.215 mm

Distância entre eixos: 1.417 mm

Peso Seco: 148 kg

Motor: DOHC, 291,6cc, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecimento a ar

Potência máxima: 25,4 cv a 7.500 rpm (Gasolina) / 25,6 cv a 7.500 rpm (Etanol)

Torque máximo: 2,76 kgf.m a 6.000 rpm (Gasolina) / 2,80 kgf.m a 6.000 rpm (Etanol)

Transmissão: 5 velocidades

Tanque de combustível: 13,8 litros (3,9 l reserva)

Suspensão dianteira/Curso: Garfo telescópico / 245 mm

Suspensão traseira/Curso : Pro-Link / 225 mm

Freio dianteiro/Diâmetro: a disco / 256 mm com ABS

Freio traseiro/Diâmetro: a disco / 220 mm com ABS

Pneu dianteiro: 90/90 – 21

Pneu traseiro: 120/80 – 18

Preços (sem frete):

XRE 300 Rally: R$ 18.590

XRE 300 ABS: R$ 19.090

XRE 300 Adventure: R$ 19.090

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários