Última Marcha

Renault apresenta Kwid E-Tech, o elétrico mais barato do Brasil

A Renault apresentou o novo Kwid E-Tech com o título de ser o carro elétrico mais barato do Brasil. O hatch vem importado da China e chega em apenas uma versão, custando R$ 142.990. Superando o valor do Jac e-JS1, que custa R$ 164.900.

Claro, o valor é alto se comparado com o seu irmão a combustão, porém, entre os elétricos, é um valor bem competitivo. As medidas são as mesmas do Kwid normal: 3,68 metros de comprimento, 1,57 metros de largura, 1,47 metros de altura e 2,42 metros de entre-eixos de 2,42 m. O porta-malas também segue o mesmo de 290 litros.

Por dentro, um painel com detalhes em prata combinados com preto brilhante. A alavanca de marchas foi substituída por um comando rotativo cromado, com três posições: D (drive/marcha à frente), N (neutro/ponto morto) e R (ré). O sistema multimídia tem uma tela touchscreen de 7”, com espelhamento Apple CarPlay e Android Auto, Bluetooth, entradas USB e AUX.

Motorização

O motor tem 65 cv (48 kW) de potência, diferente do modelo global que tem apenas 44. A marca afirmou no lançamento que a aceleração do Kwid é de 0 a 50 km/h em 4,1 segundos, com velocidade máxima é limitada a 130 km/h. O carro ainda conta com a função Eco, que utiliza o sistema de regeneração e otimiza em até 9% o consumo de bateria.

Baterias

Por falar nela, um assunto sempre importante quando falamos de elétrico, o Kwid tem um conjunto de baterias de 27 kWh de íon-lítio, com uma autonomia de 265 km no ciclo combinado e 298 km andando apenas na cidade. O carregamento do carro pode ser feito via tomada comum, carregando por volta de 190 km em 9 horas. Usando uma recarga rápida (DC), para carregar 190 km, o tempo diminui para 40 minutos.

Ele chega em todas as concessionárias do Brasil em apenas uma versão e com uma lista de equipamentos bem completa. Diferente de Captur, Duster e Oroch, o modelo deu uma atenção especial para os airbags, com seis airbags de série, controle de estabilidade, central multimídia com tela de 7” com Android Auto e Apple CarPlay, painel de instrumentos com computador de bordo digital, assistente de partida em rampas, monitoramento de pressão dos pneus e está disponível em 3 cores: branco, prata e verde Noronha.

Ricardo Gondo, presidente da Renault Brasil, apresentando o Kwid E-Tech.

O Kwid E-Tech custará R$ 142.990 com garantia de 3 anos no carro e 8 anos para a bateria. A Renault ainda divulgou que o modelo fará parte do sistema de assinaturas da marca, o Renault on Demand, e estará disponível nos planos de 12, 24, 36 ou 48 meses, com opções de quilometragem de 1.000, 2.000 e 3.000 quilômetros mensais. A contratação pode ser feita 100% on-line no www.renaultondemand.com.br.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcio

Ele vai acompahar wall box ?