Última Marcha

Nova Kombi? Volkswagen apresenta Multivan T7 na Europa

Todos os anos, sempre existe uma euforia quando a Volkswagen lança algum modelo capaz de levar várias pessoas a bordo, como sendo uma possível substituta da queridíssima Kombi. Bom, desta vez, quem mais chega perto de ocupar esse trono é a Multivan, lançada na versão T7 2022.

A maior mudança entre a versão anterior é a plataforma. A Multivan T7 é produzida com base na MQB, mesma estrutura modular usada em boa parte da gama Volkswagen. Ela é ligeiramente maior do que a antiga Multivan T6.1 com 4.053 litros para bagagens com todos os bancos rebatidos.

No desenho, o modelo tem cara de carro de passeio. A versão anterior era mais voltada para um veiculo comercial. Os faróis são afilados e modernos com DRL em LED na grade, lembrando os do Taos. E já que estamos comparando com a Kombi, as portas são corrediças e a pintura é naquele estilo saia e blusa, pra dar mais a cara da “velha senhora”.

Por dentro, luzes ambiente, painel de instrumentos 100% digital com display de 10,25 polegadas, central multimídia com tela de 10” e sistema head-up display. O câmbio é acionado por meio de botões ao lado esquerdo do multimídia, livrando a porção central entre os bancos dianteiros (o freio de estacionamento convencional também saiu de cena) aumentando o espaço interno.

Na parte de trás, um bom sistema modular de bancos, já que os assentos da segunda fileira podem girar em 180 graus para “criar uma sala de reunião” dentro do veículo. Até uma mesa pode surgir ali no meio dependendo da situação.

Além disso, teto solar panorâmico, rodas de 19 polegadas, portas USB para carregamento de celular e sistema de som Harmon Kardon com 14 alto-falantes e 840 watts de potência.

No quesito motorização, uma inédita versão híbrida, que será usada pela primeira vez na história entre os veículos comerciais da Volkswagen. Chamado de eHybrid, o motor híbrido plug-in é a junção do motor 1.4 TSI de 150 cv com um elétrico de 85 Kw que, combinados, geram 218 cv de potência. Ainda haverá a opção do 1.5 TSI de 136 cv ou 2.0 TSI de 204 cv, sempre a gasolina e com câmbio DSG de 7 marchas. Na lista, também, terá a possibilidade de motor a diesel com potência na casa dos 150 cv.

O preço ainda não foi divulgado, mas deverá ficar perto dos 50 mil Euros. No Brasil, o modelo não tem previsão de chegar, infelizmente. O que você achou? Fala pra gente no nosso Instagram (@ultimamarchaoficial).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments