Última Marcha

Ford fecha parceira com Google para conectar carros

Você entra no carro, liga a ignição e tudo se adapta a você, desde a música aos ajustes elétricos do banco. Tudo automaticamente. Legal, né? Mas a revolução, na indústria automotiva, vai muito além. Agendar revisões diretamente pela central multimídia já realidade, assim como as tecnologias autônomas e semiautônomas de direção. Dependendo do modelo e do país, dá para colocar o destino e deixar o resto com o veículo. Assim, o motorista pode ler as notícias do dia e responder os seus e-mails numa boa.

Interior do Mustang Mach-E

Essas novas tecnologias são muito recentes e, aos poucos, são incorporadas pelas montadoras. Quem anunciou uma parceria de peso para atualizar as conexões com os seus clientes foi a Ford. Em vez de gastar muito tempo e milhões de dólares no desenvolvimento de sistemas, ela fechou logo um acordo com o gigante Google.

A partir do fim deste ano, alguns modelos sairão de fábrica com o sistema Android e, por meio dele, acesso a aplicativos nativos de mapas, música, podcast e comandos sofisticados por voz. Até 2023, a meta é incorporar, por meio de um grupo de trabalho (Team Upshift), o máximo de inovações possível aos modelos da Ford e da Lincoln. Estamos falando, também, de inteligência artificial, aprendizado de máquina, armazenamento de dados na nuvem e até comunicação com outros veículos. Informações de trânsito em tempo real, possíveis buracos pelo caminho e uma variedade infinita de outras informações poderão ser compartilhadas em milésimos de segundos.

Bronco pode ser equipado, em breve, com tecnologias do Google

“Estamos obcecados em criar produtos e serviços essenciais e distintos. Google e a Ford juntos estabelecem uma potência de inovação verdadeiramente capaz de fornecer uma experiência superior para nossos clientes e modernizar nossos negócios”, Jim Farley, presidente e CEO da Ford.

Agora, é esperar essa importante atualização nos modelos. O primeiro deles, a chegar ao Brasil, tem tudo para ser o Bronco. Quem sabe o SUV elétrico, Mustang Mach-E, produzido no México e vendido nos Estados Unidos, também entra na lista por aqui? Estamos na torcida.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.