Última Marcha

Yamaha lança FLUO 125 ABS a partir de R$ 13.390

Até o começo de março de março de 2022, a Yamaha tinha três opções de scooters em seu portfólio: NEO 125 UBS, NMAX 160 ABS e o irmão maior, XMAX 250 ABS. O que já garantia cerca de 34% de participação em um mercado, que representa, hoje, 10% das vendas gerais de motocicletas.

Pois bem, a Yamaha, empolgada pelo crescimento de vendas no Brasil, acaba de lançar mais uma opção na categoria, o Fluo 125 ABS. O modelo, vendido a partir de R$ 13.390 + frete, chega com o mesmo motor do Neo, porém com algumas atualizações para render 9,5 cv (8.000) e 1,0 kgfm de torque (5.500 rpm), em conjunto com o câmbio automático CVT. Não espere nada empolgante, claro. Em vez de potência, foque na economia de combustível e na praticidade. O FLUO é o tipo de veículo desenvolvido para te levar do ponto A ao ponto B.

Lateral do Yamaha Fluo 125 ABS – Yamaha/ Divulgação

O FLUO 125 ABS sai de fábrica com uma boa lista de equipamentos de série, como chave presencial (Smart Key), painel 100% digital, tomada 12 volts e freio ABS, na roda dianteira.

Para garantir um nível de conforto, principalmente nas nossas ruas e estradas esburacadas, a Yamaha encontrou uma fórmula diferente. Escolheu rodas menores, de 12 polegadas, mas com pneus mais altos. As medidas são 100/90/ 12, na dianteira, e 110/90/ 12, na traseira. Apesar das primeiras voltas terem sido feitas em uma pista fechada, em Tatuapé (SP), gostei da ciclística. O modelo proporciona respostas rápidas ao guidão, nas mudanças de direção. Mérito dos pneus com maior área de contato com o solo.

A suspensão conta com 90 mm de curso, no garfo dianteiro, e 88 mm, na parte traseira. O único detalhe que me preocupou foi o fato do conjunto, sob o piloto, ter apenas um amortecedor. A Yamaha, no entanto, garantiu que essa decisão não afeta a capacidade de absorção de impactos e foi tomada para deixar o FLUO mais leve. No total, 102 quilos com todos os fluídos e os 4,2 litros de gasolina no tanque. Ah, aproveitando o gancho, você não precisa descer para abastecer. A boca do tanque fica localizada na parte de cima da carenagem, perto do joelho esquerdo do piloto. Boa sacada!

Completando a lista de equipamentos, temos farol em LED com desenho parecido com o do NMAX 160. As luzes da lanterna, freio e luz da placa seguem halógenas.

Porta-objetos do novo FLUO 125 ABS – Yamaha/ Divulgação

Quem já pilotou um scooter sabe bem que a principal vantagem dele é a praticidade de poder levar objetos (ou mochila) embaixo do banco. Nesse caso, estamos falando de 25 litros de capacidade, suficientes para acomodar um capacete fechado. Algo impossível no NEO 125.

Em resumo, meus amigos, achei legal  a estratégia da Yamaha de trazer mais um modelo para esse segmento. O FLUO 125 ABS é, sim, um salto em relação ao NEO 125, tanto em tecnologia quanto em estilo de pilotagem. Mesmo com R$ 3.000 sendo um abismo, quando falamos em motos, a diferença é justificada pelos equipamentos que fazem diferença no dia a dia, como tomada 12V, farol de LED e chave presencial. Se você faz questão de um design ainda mais aprimorado e mais tecnologias, vai precisar colocar a mão no bolso e pagar R$ 16.590 pelo NMAX 160 _ frete. Vai do seu poder de fogo (ou da coragem de encarar mais alguns boletos).

Gosta de acompanhar os bastidores de um evento como esse? Me siga no Instagram (@claytonsousaoficial). 🙂

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments